29/09/2017

Vitor Cardoso é o novo Swimex Pro!

Inspirado ao presenciar a participação do pai no GP de Triahtlon de Balneário Camboriú (SC) em 2011, Vitor Lemos Cardoso se apaixonou pelo esporte e começou a se dedicar aos treinos logo em seguida. Começando com corridas leves e ciclismo nos finais de semana, hoje Vitor é um triatleta profissional que se prepara para provas de Meio Ironman – e logo depois, seu objetivo é competir no Ironman full.

Sua primeira competição, o Sesc Triathlon Caiobá em 2012, provocou uma mistura de sentimentos que resultou na sua maior paixão. “Tenho a recordação de que quando eu escutei a buzina da largada eu saí loucamente até o mar, sem pensar em nada, e continuei assim até o fim da corrida.”.

Mas para conquistar seus objetivos é preciso treinar (e muito!). Durante a semana, Vitor faz sessões específicas para cada dia, intercalando os mais regenerativos com trabalho de força, dos mais longos e resistentes aos mais intensos e velozes.

Para quem deseja iniciar no Triathlon, ele dá algumas dicas: procurar um bom técnico, fazer tudo o que for prescrito e seguir corretamente a programação de treinamento, além de confiar em seu trabalho e ter um bom relacionamento com o profissional é essencial para conquistar resultados positivos.

O segundo conselho do atleta é foco! É muito importante se preocupar somente com a sua prova e a sua capacidade, assim é possível evoluir e alcançar os objetivos mais rapidamente.

O Vitor também revelou alguns de seus rituais que garantem um bom desempenho nas provas. Segundo ele, a roupa escolhida é um deles. “Os macaquinhos sem manga e com bolso são os mais indicados para competir, pois, às vezes, o macaquinho com manga atrapalha o desempenho e o bolso acaba sendo necessário para guardar a suplementação”.

E quando o assunto é o uso de suplementos, o segredo é utilizá-los antes, durante e depois do treino.

Quando precisa fazer a transição bike/corrida, o Vitor também tem algumas preferências como passar vaselina no tênis para não machucar o pé, colocar elástico no lugar do cadarço e manter a calma na hora da prática para não esquecer nada. Sempre tirar o capacete antes de tudo e logo em seguida colocar o tênis, boné e o numeral de peito.

Essa é a trajetória inspiradora desse atleta profissional e suas principais dicas para os iniciantes no Triathlon. Faça parte do Club e conte com a estrutura e o acompanhamento necessário para que você também construa e conte a sua história. Junte-se a nós!